Curso

Dia estadual do Cuidador de Idosos

Mais informações

Curso

Fonoaudiologia

Mais informações

Curso

Curso teórico e prático Cuidadores de Idosos

Mais informações

Curso

Profissionalização para Cuidadoras de Crianças – Babás

Mais informações

cuidador-de-idosos

Curso teórico e prático Cuidadores de Idosos

O conhecimento que você precisa para cuidar bem e com mais saúde!

Capacitar pessoas que estejam trabalhando ou pretendem trabalhar diretamente como cuidadores de idosos e ainda não possuem formação adequada.

Este curso oferece um banco de dados com os nomes das alunas que concluíram o curso para serem inseridas no mercado de trabalho!

Estágio incluído!

Público alvo: Profissionais da área de saúde, familiares e cuidadores de idosos.

Objetivo do curso: Programa de Capacitação completa, com duração de 120 horas – 5 sábados, para pessoas interessadas em atuar profissionalmente como cuidadores de idosos em casas de repouso, clubes da terceira idade e acompanhamento particular.
Aos sabados, domingos ou durante a semana no periodo da noite.

Inscrição:

 

O candidato deverá também apresentar os seguintes documentos:

- Documento  Carteira de Identidade e CPF (cópia);

- Comprovante de residência (cópia);

- Se o estudante for menor, anexar cópia do CPF e identidade do responsável

- 1 foto 3 X 4.

Investimento:

R$480,00
1º parcela de R$240,00 e o restante no término do curso.

Local das aulas: Sala de aula Evoluir – Padre Marinho,455 – 3º andar – Santa efigênia

Telefone de Contato: (31) 9885-9030, 88795628, 9884-0300, 3442.09.06 ou 3449.7980

Proposta Inovadora do curso:

 

O cuidador é o indivíduo que presta assistência a pessoas de qualquer idade, sejam elas saudáveis, enfermas e/ou acamadas, em situação de risco ou fragilidade.

O curso pretende oferecer à comunidade de Belo Horizonte e região, em especial aos cuidadores e interessados, conhecimentos atualizados sobre as doenças que mais acometem a população idosa, os cuidados necessários para favorecer a manutenção da autonomia e qualidade de vida dos idosos, bem como sobre o papel legal do cuidador.

O Profissional Cuidador de Idosos é o responsável por auxiliar e cuidar muito bem (com conhecimento) dos idosos.

O cuidador poderá ser a ponte de contato entre o idoso, a sua família e serviços de saúde ou da comunidade.

Este curso visa estimular as atividades e tarefas da vida quotidiana do idoso, promovendo atividades de entretenimento e melhorar qualidade de vida do idoso.

Competências do cuidador:

- Cuidar da higiene pessoal do idoso e do ambiente, considerando princípios de saúde e segurança.

- Acompanhar e apoiar o idoso em suas atividades diárias, identificando interesses e preferências, propondo atividades de lazer e integração social que respeitem sua individualidade e privacidade, incentivem sua auto-estima e independência e promovam sua saúde e bem-estar pessoal.

- Zelar pela alimentação do idoso, visando à promoção de sua saúde.

- Identificar sinais de alerta que demandem providências médicas ou psicológicas, acionando-as ou informando-as aos responsáveis, quando necessário.

Conteúdo do curso:

Postura ética profissional.

Patologias principais e suas características que acometem o idoso.

Cuidados básicos com o Idoso.

Noções de padrões respiratórios e assistência à ventilação.

Conhecimento básico de aparelhos (sondas vesicais, nasais, traqueostomia, gastrostomia, colostomia etc).

Manejo postural (transferências e posicionamentos adequados (no leito, sentado, deitado e em pé).

Massagem de conforto e profilaxia de escaras.

Auxílio para a locomoção nas diversas condições (muletas, andadores, cadeiras de rodas etc)

Noções de manejo órteses, próteses, imobilizações, talas etc.

Cuidados de higiene uso adequado de banheiro, higiene íntima, higiene bucal, banho e assepsias específicas, sonda etc.

Materiais de apoio cadeiras sanitárias, tapetes antiderrapantes, barras de segurança etc.

Uso de material de apoio coxins, rolos, cunhas, estabilizadores de tronco etc.

Facilitação das atividades funcionais vestuário, recreação etc.

Alimentação do idoso (deglutição e disfagias, engasgo, refluxo).

Atitudes para o bem estar psicológico do paciente (comunicação, entrosamento, empatia e recursos de comunicação alternativa)

Lazer e integração social do Idoso

Ações em emergências

Cuidando do cuidador.

Filme sobre idosos.

Estágio incluído.

Professores:

Médico geriatra

Enfermeiro

Psicólogo

Fonoaudiólogo

Fisioterapeuta

Terapeuta Ocupacional

Entre outros convidados.

Jornal dos idosos

Últimas notícias:

Belo Horizonte cria o dia do cuidador de idosos

O Dia Municipal do Cuidador de Idosos poderá ser comemorado todos os anos, no dia 20 de março. A nova lei foi publicada no Diário Oficial do Município no dia 10.

Ministério da Saúde lança a cartilha do Cuidador de Idosos

Ministério da Saúde lançou um guia para cuidadores de idosos. Em linguagem acessível, o manual traz noções práticas para profissionais e leigos. Ensina a dar banhos, como lidar em casos de quedas, convulsões, oferece dicas para uma alimentação saudável e ainda como transferir um idoso acamado para uma cadeira.

A iniciativa coloca os cuidadores como tema central do Mais Saúde e pretende dar visibilidade a essas pessoas que nem sempre têm o conhecimento e as informações necessárias que possibilitem a prevenção de problemas de saúde com o idoso”.

Algumas dicas do Guia do Cuidador:

. Em casos de maus-tratos, denuncie no Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa ou no Ministério Público, nas delegacias policiais, no IML ou nas delegacias especializadas da mulher e Centros de Referência da Mulher.

· Em casos de engasgo, tentar primeiro retirar com o dedo o pedaço de alimento. Caso não consiga, coloque a pessoa em pé, abrace-a pelas costas e aperte com seus braços a boca do estômago da pessoa.

· Em caso de queda e suspeita de fratura, procure não movimentar a pessoa cuidada e chame o serviço de emergência (Samu/192), o mais rápido possível.

· Mantenha os medicamentos sempre na caixa original para facilitar o controle de validade e a ingestão. Evite planejar medicamentos no horário que a pessoa dorme, pois isso prejudica a qualidade do sono.

· Evite oferecer café após 18h e dar líquidos à noite, para evitar que o indivíduo urine durante o sono.

· Para auxiliar o intestino a funcionar:, deite a pessoa de barriga para cima, segure as pernas, estique-as e dobre-as sobre a barriga; essa pressão ajuda a eliminar os gazes.

· Para o piso da casa, deve-se dar preferância ao antiderrapante e não este não deve ser encerado. Retire tapetes, capachos, tacos e fios soltos.

· O sapato deve ter solado de borracha. Dê preferência a roupas fechadas com velcro, elástico ou aberta na frente.

· Adote barras de apoio na parede do chuveiro e ao lado do vaso

A população idosa pode triplicar em 2050

Um relatório da Organização das Nações Unidas divulgado, hoje, alerta que a população mundial acima de 60 anos de idade deve triplicar até o ano 2050. De Nova York, a correspondente Heloisa Villela mostra as conseqüências desta projeção.

Saúde e educação serão os grandes desafios dos países em desenvolvimento nos próximos 50 anos. Hoje, mais de 60% dos cidadãos da América Latina têm entre 15 e 59 anos. A maioria está em idade de trabalhar e pagar impostos. Os que têm mais de 60 anos são apenas 10,2% da população. Mas, essa fatia da população mundial será bem maior na metade deste século. De acordo com as Nações Unidas, 29,5% terão mais de 60 anos.

Hania Zlotnik, diretora da Divisão de População da ONU, diz que vai ser preciso educar e cuidar da saúde dos jovens, para que eles sejam bastante produtivos. O número de pessoas dependentes de aposentadoria para sobreviver vai aumentar muito.

Segundo as projeções da ONU, os avanços no combate à epidemia da Aids também vão contribuir para que mais pessoas tenham uma vida mais longa e, conseqüentemente, para o envelhecimento da população mundial. Mas a principal causa desta mudança continua sendo a combinação de dois fatores: a queda da fertilidade e o aumento da longevidade.

Na Europa, os casais têm um filho, dois no máximo, e vivem mais tempo graças ao desenvolvimento de novos remédios e tratamentos. O Brasil e os demais países em desenvolvimento seguem o mesmo caminho. A ONU acredita que, nos próximos 40 anos, pela primeira vez na história, o mundo terá mais adultos acima de 60 anos do que crianças.